8 de ago de 2012

Para ela!

Certo dia olhei em teus olhos e achei o que minha alma tanto buscava. Beijei sua boca e percebi que nada do que eu havia experimentado antes se comparava ao sabor dos teus lábios. As batidas do seu coração dançavam compassadamente com o pulsar alucinado do meu.

E então te amei. Sem saber ao certo se era a forma certa, me entreguei pouco a pouco a você. A cada dia. A cada hora. Certo do que sentia, duvidei e teve medo. Receoso, você me amou mesmo assim. "-Não importa o tempo que dure, vou te esperar!", você me disse. Mas não quis esperar. Quis você.

De mãos dadas temos caminhado. Passo a passo. Um de cada vez. Temos aprendido com lágrimas que a vida a dois não é fácil, e que é muito difícil fazer a tão misteriosa mágica de transformar dois corpos em um só. Que opiniões contrárias nem sempre são fáceis de serem acertadas. E que temos que expor nosso pior para podermos encontrar o que há de melhor em nosso interior.  No entanto, o Amor torna tudo mais leve e suave. O Amor nos mostra que a vida não coloca as pessoas ao nosso lado por acaso, e que sem você, ela não teria mais sentido.

Tenho te amado a cada novo dia, e sempre que anoitece agradeço a Deus por ter cruzados nossos caminhos de forma tão linda.

A você que é minha vida, todo o meu amor e respeito!
Te amo, Wanessa Maraysa.

Nenhum comentário: