25 de nov de 2013

MEIO

Meio mundo. Meio mudo. Meio silêncio.
Meia voz. Meio algoz. Metade de mim.

Meio a meio. Bem e Mal. Tal e Qual.
Perfeito e Incompleto. Você e eu.

E assim nossa vida se constrói: apagando sonhos, costurando retalho, pintando quadros cinzas em dias coloridos.
Não nos completamos por sermos MEIO; não nos encaixamos por sermos METADE.

O Amor não completa o que falta: Ele faz tudo novo de novo do nada.

Nenhum comentário: