25 de jun de 2009

Não suporto a Márcia

nem o “Casos de Família”. Resumindo: não suporto nem um desses programas sensacionalistas que povoam a tarde da televisão brasileira. Eu particularmente acho um festival de idiotice em plena rede nacional. São coisas tão bizarras que eu não acredito que sejam reais. Na verdade nem devem ser: aqueles seres que aparecem por lá são no mínimo pagos para fazer e dizer aquelas barbaridades.

No caso da Márcia, nunca fui com a cara dela mesmo; primeiro pelo fato dela insistir em se achar psicóloga e viver dando “pitaco” na vida dos seus manés convidados que participam do seu ilustríssimo programa; segundo pois a cara dela me dá muito medo – e eu não estou brincando.

No “Casos de Família” a única coisa que se salva do programa era a Regina Volpato, a única centrada no meio de um monte de loucos. Mas depois que o Dono do Baú resolveu colocar uma louca farofenta, pior que a Regina Casé para apresentar a atração, aí pronto, mais um lixo em nossas tardes.

Agora não sei o que é mais sem noção: se são as pessoas que vão assistir ao vivo a esses programas; se são os convidados que vão pedir ajuda a quem não irá ajudá-los; se são as pessoas que passam a tarde inteira na frente da TV achando um absurdo e julgando os problemas alheios; ou se é a pessoa perder tempo assistindo esses programas, achar graça e e babaguice de tudo o que acontece e ainda escrever um artigo no seu próprio blog...

Ninguém merece...

5 comentários:

Canteiro Pessoal disse...

Opa, salva de palmas para sua crítica e no tudo concordo. Como estamos nos últimos tempos, coisas bizarras estavam previstas. Poluição auditiva, visual e: [... ]
O que fazer ? Atuar o inclinar do beber do vinho e escrever na terra como viva voz que reage dando-lhes oposição e alimento do trigo que está maduro.

Abraços e paz

Priscila Cáliga

Pri C. Figueira disse...

hehehe, sua postagem me fez lembrar de uma peça que assisti fazendo uma paródia, vamos dizer assim, desse programa... "Descasos de Família"!
Pois bem, concordo em tudo que vc escreveu, esse é um daqueles programas que é só para preencher a grade de horário, mas se está no ar é pq com certeza deve ter quem assista...!
É como a Pri disse ai em cima:
[Poluição auditiva, visual e: [... ]]

Mas há quem goste...!

Bjus ;)

Sarah Toledo disse...

olá! finalmente voltando a visitar os blogs. que bom voltar aqui!

também não gosto desses programas de tv. acho uma exploração enorme das pessoas. se é que é verdade. se não for, não deixa de ser ridículo, de qualquer forma, pq trata de problemas que podem ser reais pra alguns.

infelizmente há quem goste, ou esses programas ainda não estariam no ar. nesses momentos eu realmente me entristeço. pq é raro encontrar algum canal de televisão que de fato preste e acrescente algo de bom às pessoas.

=T

beijinho. fique na paz.

tossan disse...

Meu amigo, estou com vc e não abro, a TV é um lixo! Até o esporte que eu gostava tanto se mistura com o BBB. Bravo, alguém tem que falar. É por isso que não tenho tv. Abraços

Diego! disse...

Adorava a Regina Volpato...sei lá, acho que ela me entenderia. Agora aquilo tá um lixo!

Não entendi a sua critica a Regina casé...
essa mulher é muito boa!


até