18 de mar de 2012

Balanço.


Deleito-me em teu olhar receoso,
Levado pelo balanço preguiçoso,
Do teu corpo no meu corpo.

O mundo para no momento que te beijo,
E no peito se espalha como chama,
Saboreando o gosto do desejo;
Teu corpo no meu corpo, na cama.

Um comentário:

Juh disse...

:D esse balanço preguiçoso é de balançar!

Parabéns pelo blog!