17 de set de 2010

Perco-me


Parte de mim vai ficando pelo caminho.
O que resta ainda é o que me dá forças para continuar.

Queria poder ter a Lua e as Estrelas em minhas mãos; queria poder comandar o Tempo e o fazer correr até você; o Mundo gira em torno de mim e continuo olhando para o Alto.

Não me dê conselhos, não me diga para onde ir nem o que fazer nem o que dizer nem com quem falar. NÃO ME DIGA NADA. Você perto de mim é o que quero. E parte de mim vai ficando pelo caminho. Ficando com você. Ficando em você.

2 comentários:

Ana Raquel disse...

uma bela perdição...

Ana Raquel disse...

paradoxo para quem encontra...