13 de out de 2008

De volta a rotina.


Oi pessoal!
Estou de volta a rotina.
Passei essa semana passada sem postar, estava na casa de meus pais, e para mim foi uma semana bem complicada, prefiro não entrar em detalhes pois estou superando alguns fatos que me incomodam. Tive que enfrentar alguns conflitos e isso me deixou desanimado para escrever, e desde que comecei com o blog tinha em mente colocar aqui tudo que eu realmente estivesse sentido, tudo que realmente vinhesse do coração. Não quero escrever pela "obrigação de escrever"; quero escrever pelo prazer que isso me traz.

Estou passando por um momento complicado: sabe aqueles conflitos internos que vez ou outra enfrentamos? Pois é, eu encontro-me bem no meio de um desses. Não é o primeiro e sei também que não será o último. Confesso que não está sendo fácil para mim, também não como estarei daqui a algum tempo; queria muito poder dizer que "mesmo sendo difícil, vou superar" ou "o choro pode durar uma noite mas a alegria vem de manhã", mas infeliz não posso. Creio nessas verdades. Creio nas promessas, mas nesse exato momento meus sonhos estão mortos; minha esperança, fragilizada. A única certeza é que sou um pecador. E isso dói.

São tantas coisas que estão em meu coração que não consigo colocá-las em ordem, uma verdadeira explosão de sentimentos e ideias; quero ter tempo para analisar tudo e reter o que é bom. Prometo transformar meus sentimentos em textos e compartilhá-los com vocês. Por enquanto fico aqui, travando esta eterna guerra comigo mesmo.
::por
Jefferson Lopes de Araújo
um guerreiro solitário

3 comentários:

Pri C. Figueira disse...

Oieee

Pois é, sei bem como é isso... as forças se acabaram, a esperança se foi e por mais que se tente os olhos só enxergam a escuridão....ahhhh, dói e muito!!!
Mas nesses dias conversando com um amigo ele me disse: que quando estamos no fundo do poço (não estou dizendo que estas!) não enxergamos nada a única coisa que nos chama a atenção é aquela luz que vem lá de cima, da abertura e nessa hora só olhamos para lá e queremos subir, sair desse lugar onde estamos, aquela é a nossa esperança.... aquela luz lá do alto!
Também passei por momentos bem difíceis, e nessas horas até a força para orar se vai, mas quando estou nesses momentos percebo que é onde Deus mais trabalha, ficamos mais dependentes Dele e sempre faço um pedido a Ele, que me faça enxergar a situação com Seus olhos que vêem mais além!!!

Meu amigo se mantenha firme e oro para que essa situação se resolva e Deus mais uma vez reafirme as promessas que Ele tem para tua vida e não esqueça Ele é fiel, é justo e tudo está sob o Seu controle... Simplesmente Confie!!!!

Já disse Paulo:
“...Porque quando estou fraco então sou forte”. II Corintios 12:10

Bjus... bom inicio de semana para ti!!

mano maya kosha disse...

é a lendária das batalhas que ghandi anunciou, enfrentar a si, o tornará vitorioso, quando vc se derrotar, lidar com o interno é complicado e desafiante, mas o tempo neste quesito é seu aliado, as vivencias na retaguarda, dando cobertura, e o externo quase chegando, onde não terá daí tempo para pensar ...ou sentir ...nem fugir ...ou se entregar

Ana disse...

Há algum tempo atrás,eu enterrei alguns sonhos e confesso,estava a ponto de desistir de tudo.Até de Deus.
Mas,creio que todos nós quando nos reconhecemos como pecadores,e que não somos nada,é aí que a graça acontece.Costumo dizer que Deus é "o cara" e ele tem tudo preparado no seu santo tempo.Desanimos e provações são "pistas" para encontrarmos algum caminho e tenha certeza,você o encontrará.
Cada dia aprendemos algo,e não duvide que Deus fala conosco a todo o tempo,mas muitas vezes o nosso humano não é capaz de ouví-lo.Por isso a dor.Mas Ele não desiste de nós,pois fomos marcados pelo teu sangue,pelo teu amor e cada amanhecer é uma grande Dádiva.
Não há nada de novo em seus dias?Pois eu protesto!

Você abriu os olhos nesta manhã,e isso é o maior milagre que se possa acontecer!

Fica na paz,tudo passa.E isso é incrível!

Que Deus te abençoe e não deixe de sonhar.

abraços!