23 de mai de 2008

Louvai ao Senhor!



Salmo 150




1 Louvai ao Senhor! Louvai a Deus no seu santuário;

louvai-o no firmamento do seu poder!

2 Louvai-o pelos seus atos poderosos;
louvai-o conforme a excelência da sua grandeza!

3 Louvai-o ao som de trombeta;

louvai-o com saltério e com harpa!

4 Louvai-o com adufe e com danças;

louvai-o com instrumentos de cordas e com flauta!

5 Louvai-o com címbalos sonoros;

louvai-o com címbalos altissonantes!

6 Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor.

Louvai ao Senhor!


Essa é uma das passagens biblícas que na minha opinião mais nos exortam qual a melhor forma de louvar ao nosso Deus.
Se analisarmos bem todo o texto encontraremos alguns pontos interessantes:


1º - Louvar ao Senhor "no seu santuário" e "no firmamento do seu poder!":

Não importa o lugar e o momento, o louvor deve estar sempre em nossa boca. Muitas vezes cometemos o erro de só lembrarmos de cantar um hino quando estamos na igreja (no seu santuário), sendo que essa atitude deve ser feita em todo o lugar (firmamento do seu poder);

2º - Louvar ao Senhor "pelos seus atos poderosos" e "conforme a excelência da sua grandeza!":

Que tremendo esse versículo: por Seus atos poderosos; por Sua excelênia e grandeza; por Sua majestade; por Sua santidade; Por tudo o que Ele é devemos louvá-Lo. Aleluia!

3º Louvar ao Senhor com toda sorte de intrumentos!:

O salmista apresenta diversos instrumentos pelo os quais poderíamos louvar a Deus:



a)trombeta: Instrumento de sopro formado por um tubo de metal, mais ou menos comprido e afunilado na extremidade, por onde se emboca;

b)saltério: Instrumento de cordas para acompanhar a voz. Era uma espécie de alaúde, semelhante à viola, mas de forma triangular ou trapezoidal;


c)harpa: Instrumento de cordas, de forma triangular, tocado com os dedos; conhecido desde a mais remota antiguidade e ainda hoje em uso, aperfeiçoado e provido de pedais para a elevação cromática dos sons fundamentais. 2 Tip Caixa com a forma deste instrumento, na máquina de compor;


d)adufe: Membranofônio de percussão direta, feito de uma caixa pequena, de madeira, e uma membrana esticada; é um pandeiro quadrado e dos mais antigos instrumentos musicais do mundo, citado já no Velho Testamento. Var: adufo1;


e)flauta: Instrumento músico de sopro, sem palheta, com buracos abertos e fechados com os dedos ou com chaves; frauta;


f)címbalos sonoros e altissonantes: Instrumentos de percussão formados por dois pratos;


A riqueza nesse versículos sobre a quantidade e variedade de instrumentos é impressionante. Podemos usar tudo que esta a nosso disposição para entoar um perfeito cântico ao Pai Celestial.


4º - Louvar ao Senhor com danças:


A dança é o louvor sem som. É a expressão de todo nosso corpo. É uma adoração com intensidade. No meu ponto de vista é uma forma de adorar a Deus com tudo o que temos e com tudo o que somos.


5º - Louvar ao Senhor tudo o que têm folêgo:


Não é um pedido nem uma sugestão: é uma ordem! Toda natureza, toda humanidade, tudo que tem folêgo, louve ao Senhor.




O louvor não deve ser encarado como simplesmente uma forma de distração ou ato algo prazeroso que fazemos quando estamos com vontade, mas sim como uma atitude de alguém que queira expressar continuamente seu amor e gratidão ao Amado de nossas almas.




Louvai ao Senhor!
por: Jefferson Araújo

Um comentário:

Em Adoração... disse...

Amem!!!! muito abençoado seu blog meu irmão... Deus te abençoe muuuuuuuuuuito.... Abraço...